Vanguart

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Fazendo arte


Nunca pensei que um dia iria ter vontade de pintar alguma coisa na minha vida. Meus desenhos na época do colégio erram horríveis. Até hoje só rabisco florzinhas e casinhas. As aulas de Arte dos meus anos escolares seguiam a moda das "letras bastão". Coisa mais inútil. Cadernos e cadernos de desenho com pautas feitas pelos alunos, e depois preenchidas milhões de vezes com todas as letras do alfabeto. Uma das minhas raras lembranças de uma aula "diferente" foi na 5ª série, quando a professora propôs que espetássemos um sabonete Francis com alfinetes e lantejoulas. A obra de arte foi oferecidas às nossas mães, no dia dedicado à elas. Até hoje não posso sentir o cheiro do Francis...
Acontece que a gente muda, ufa, e há uns meses atrás resolvi que queria pintar flores numa tela. Fui à loja, comprei a tela, as tintas e pinceis. Procurei ainda uma gravura bem legal e copiei o seu contorno. Olha, nunca é tarde pra ser feliz. A pintura não ficou lá aquelas coisas, mas me deu uma alegria tão grande, que antes de terminar o trabalho eu já havia comprado outra tela.
Aí está ela. Ainda não terminei, mas com certeza farei muitas outras.

Nenhum comentário: