Vanguart

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Parabéns, minha Polaka!

... tudo começou qdo pensei assim: "Agora vou ter um nenenzinho só pra mim!" (pq sua irmã foi uma "insistência" do seu pai. Não q eu não quisesse, mas não queria naquela época, pq não tinha dinheiro, nem emprego e queria dar uma vida boa pra ela). Então, no começo, achei que vc fosse um menininho. Ía se chamar Leonardo ou Patrick...KKKKK!!!!


bem, isso vc já sabe: na TV passava O Rei do Gado, e eu fiquei enfeitiçada pelos olhos do Fábio Assunção. Tb tive vontade de comer pêssego. E "comia" gelo. O dia todo. Sentia necessidade. Essa eu tenho vergolha, mas fazer o quê... tb mastiguei um giz!!! Glup! Mas o gosto era horrível!
então íamos eu e vc, pesadíssimas, todas as manhãs para Maracaí dar aula. Subíamos as escadas da escola Mendonça, a passos lentos, ao som dos gritos dos alunos.
vc sempre foi folgada e espaçosa. Acho q se esticava na minha barriga e chegava a doer o estômago, a coluna, as costelas, enfim, tudo.
nasceu numa segunda-feira quente e chuvosa (igual ao dia de hj). Quando chorou e eu te vi pela primeira vez, notei que era rosada, ou melhor: vermelha. chata e esfomeada desde o 1º dia. Passou a noite chorando DE FOME! A enfermeira não via a hora de te levar pra mim (5 da manhã) pra vc poder mamar.
e hj, como disse a sua irmã, vc é essa menina EDUCADA E GENTIL, CADA DIA MAIS MEIGA...
sorte a sua é que as mães geralmente amam seus filhos incondicionalmente, ou seja: independente de como são. (...)
brincadeirinha!!!
coisa mais rica e fofa da mamys!!!!!! TE AMOOOO MUITO, MUITO, MUITO!! Nunca as palavras conseguirão expressar, pq é muito grande o meu amor...

2 comentários:

Prof. Materaldo disse...

Rose, parabéns!!!! É "leve" ler o que você escreve.

rosenes disse...

obrigada, Materaldo...
vc é
que é um doce, um cavalheiro!